sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

DC Comics pretende publicar novas HQs de Watchmen

Por Sérgio Codespoti

Segundo Rich Johnston, do site Bleeding Cool, a DC Comics pretende publicar algumas novas aventuras de Watchmen, o clássico de Alan Moore e Dave Gibbons.
A ideia de lançar uma continuação de Watchmen não é nova.
Entre 1986 e 1987, época em que a revista foi publicada, o próprio Alan Moore sugeriu a possibilidade de uma série de 12 partes escrita por ele e ilustrada por Gibbons, sobre os Minutemen (o grupo de heróis da década de 1940 que é visto em Watchmen).
A DC sugeriu outras possibilidades, como O Diário de Rorschach, uma revista com a parceria entre Rorschach e o Coruja, ou até uma série com o Comediante na Guerra do Vietnã (ideia inspirada, na época, pelo sucesso da revista The 'Nam, da Marvel).
Mas nada disso foi pra frente, e Moore sempre refutou veementemente a possibilidade de algum outro artista ou escritor trabalhar com os personagens. Aliás, todas as tentativas de se publicar uma sequência de Watchmen ou algum outro tipo de série derivada (as chamadas prequels ou spin-offs) sempre foram barradas por Paul Levitz, o presidente da DC Comics.
Levitz, apesar das divergências - algumas delas graves - com Alan Moore, sempre entendeu que Watchmen é um trabalho autoral do roteirista britânico e de Gibbons, e defendeu essa postura até deixar o cargo de presidente da editora.
Segundo Levitz, uma sequência de Watchmen iria contra os desejos de Moore e Gibbons e causaria um grande mal-estar entre artistas, escritores e os fãs. No entanto, esta não é a visão de Dan Didio.
O grande motor por trás disso é o filme Watchmen, que ajudou a gerar uma venda enorme dos encadernados da minissérie, que se tornou a campeã da editora neste nicho.
Leia mais no Univeso HQ.

Dúvida: qual vai ser o roteirista que vai aceitar essa tarefa inglória e correr o risco de se indispor com os fãs da série?

3 comentários:

experimentando dedozuka disse...

Opa, aqui é o dedo zuka, o mesmo da lista do roteiristasHqs!

Eu preferia que Watchmen não tivesse continuação, deixando todo mundo na dúvida se o carinho gordão encontrou os diários de Rorschach ou não, o que mudaria completamente os rumos do mundo.

Corre-se o grande risco de ser algo decepcionante como o pós-Elektra Assassina, obra onde surgiu o personagem Garret. Garret em Elektra Assassina é inesquecível, mas vejam o que fizeram com ele depois: http://www.marvunapp.com/Appendix/garrettjohnelektra.htm

jefferson caverna nunes disse...

eu sou a favor de publicarem novas estorias.
Ma snao um aocntinuaçao e sim estorias que preencham as lacunas que moore deixou de proposito na estoria.
odeio excesso de purismo.

Paulo H. de Aragão disse...

Eu sou a favor do Alan Moore parar de frescura e escrever uma continuação logo...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails